A apresentadora Ana Maria Braga abriu o programa “Mais Você” de hoje disparando críticas ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Ana começou o matinal ao som “Alma Feminina”, de Daniela Mercury, e rebateu a fala de ontem do presidente, que disse que o Brasil tem que deixar de ser “um país de maricas” ao se referir as perdas da covid-19. Segundo ele, o país tem que enfrentar a doença.

“Com essas palavras de Daniela Mercury, eu dou bom dia a todos. Ao país de maricas porque é um país de homens e mulheres guerreiros”, afirmou. O termo é usado de forma homofóbica para insinuar uma falta de coragem. A letra da música citada por Ana Maria enaltece as características femininas, o que confronta o uso da palavra.

Ela continuou as críticas sem citar o nome do presidente, lembrando as mortes em decorrência da pandemia. “Não custa lembrar que é um país que já perdeu 162 mil almas brasileiras por causa do coronavírus. Um bom dia para você com fé. Fé de brasileiro”, completou.

Em seguida, Ana Maria Braga mudou o tom e comentou que na China era dia dos solteiros.

Do UOL, em São Paulo