Marco Luque e Lúcio Mauro Filho fizeram uma pausa na disputa de décadas em Os Melhores Anos das Nossas Vidas para prestar uma homenagem a Renato Aragão.
O nosso eterno Didi relembrou o sucesso ao lado de Dedé Santana, Mussum e Zacarias no humorístico Os Trapalhões.
Em um papo com Lázaro Ramos, ele lembrou a formação clássica do grupo que atuou junto por mais de duas décadas: “Vim do Ceará, contratado por uma emissora, para arranjar um parceiro.
Vi o Dedé em um programa de auditório, contando piada. Achei ele brilhante e o convidei para ser meu parceiro”. “A vida passou, fizemos sucesso e precisamos de mais um.
Vi no programa do Chico Anysio o Mussum tocando reco-reco no Originais do Samba”, completou. “Fizemos mais sucesso, aumentaram o tempo do programa e precisamos de mais um.
Dessa vez, eu tinha uma carta na manga que foi o Zacarias. Ficamos 21 anos no ar.” Renato participou do quadro “Nas Telas do Cinema e na TV”, onde relembrou os sucessos de bilheterias dos filmes do quarteto nas décadas de 70 e 80. “Nos anos 70, dos 20 filmes brasileiros de maior bilheteria, sete foram dos ‘Trapalhões'”, comentou Luque. “Nos anos 80, dos 20 filmes mais assistidos , cinco foram dos ‘Trapalhões'”, ressaltou Lucinho.
Lázaro perguntou ao humorista o segredo do sucesso do grupo no cinema e como os temas das produções eram escolhidos: “A sinceridade do roteiro, da produção e da convicção que ia dar certo”, respondeu.
“Sempre tinha roteiros na fila.
O que fosse mais atual eu jogava para cima como foi com a ‘Serra Pelada'”, disse Renato Aragão sobre o longa lançado em 1982 e que se passa no garimpo.
Atualmente, cinco filmes dos Trapalhões ocupam o Top 15 das maiores bilheterias nacional.
Confira a lista abaixo!
🎬”O Trapalhão nas Minas do Rei Salomão” Lançado em 1977, ocupa a oitava posição com mais de cinco milhões e 700 mil ingressos vendidos. O filme é baseado no conto “As Minas do Rei Salomão”, do britânico Henry Rider Haggard.
🎬”Os Saltimbancos Trapalhões” Lançado em 1981, ocupa a décima primeira posição com mais de cinco milhões e 200 mil ingressos vendidos. O longa é baseado na adaptação brasileira assinada por Chico Buarque da peça “Os Saltimbancos”, de Sergio Bardotti e Luis Enríquez Bacalov.
🎬”Os Trapalhões na Guerra dos Planetas” Lançado em 1981, ocupa a décima segunda posição com quase cinco milhões e 100 mil ingressos vendidos. A produção é uma paródia da franquia “Star Wars”.
🎬”Os Trapalhões na Serra Pelada” Lançado em 1982, ocupa a décima terceira com posição com a venda de cinco milhões, 43 mil e 350 ingressos. Na fita, o quarteto decide se aventurar no garimpo atrás de ouro.
🎬”O Cinderelo Trapalhão” Lançado em 1979, o longa vem logo atrás com uma diferença de apenas 15 mil ingressos vendidos. A história é inspirada na fábula da Cinderela.
Fonte: GSHOW