Fenômeno pôde ser melhor observado no norte do planeta.

O  eclipse anular, tipo de eclipse solar parcial que forma o chamado “anel de fogo” no céu, pôde ser acompanhado a olho nu no norte do planeta, como nos Estados Unidos, Canadá e em partes da Rússia e da Groenlândia.  Durante um eclipse solar, a Lua fica perfeitamente alinhada entre o Sol e a Terra. No entanto, em um eclipse anular, o satélite está em um ponto distante da órbita terrestre e fica com uma aparência menor, deixando as bordas do astro-rei aparecerem, formando o “anel de fogo” em torno da Lua.

 

POR/ GZH

11/06/2021