É na realidade uma ampla família de doenças, por isso denominada síndrome. Evidências mostram alterações químicas do cérebro do indivíduo deprimido.

As pessoas ignoram, que a saúde mental é tão carente de cuidados quanto a saúde do corpo. Nosso cérebro, nossa mente e nossas emoções adoecem sim, e uma vez diagnosticado um transtorno mental é preciso urgentemente de uma ajuda profissional pela busca da cura, pois a depressão é um risco iminente a nossa saúde física.

Se uma pessoa diz que foi diagnosticada com diabetes, aneurisma, câncer por exemplo, todos se mostram solidários e compadecidos. Mas se disser que está com depressão a maioria não dará a devida importância, achará que é falta de Deus, falta de ocupação, frescura…que precisa enfrentar a vida com coragem.

No Brasil 6 % da população foi diagnosticada com depressão.

A dor psíquica causada pela depressão não pode ser ignorada. A indiferença, a omissão, o silêncio, não podem ser respostas. Não fazer nada é a pior decisão a ser tomada.

DEPRESSÃO

É na realidade uma ampla família de doenças, por isso denominada síndrome. Evidências mostram alterações químicas do cérebro do indivíduo deprimido, principalmente com relação aos neurotransmissores. Concluindo a depressão é uma Síndrome Amotivacional.

SINTOMAS RECORRENTES DA DEPRESSÃO

. A pessoa pode ter insônia ou dormir demais;

· Falta de apetite, mesmo diante de algo saboroso que antes apreciava;

· A pessoa apresenta um sofrimento intenso sem saber a origem;

· Sente uma angustia, sensação de que o coração está sendo esmagado;

· Vontade de chorar a qualquer momento, sem encontrar motivos para tal;

· Desânimo inexplicável, cansaço, apatia;

· Sente- se confortável somente quando se isola de tudo e de todos e é nesse estágio que tende a ser perigoso.

FATORES DESENCADEADORES

·Abusos: físicos, sexuais ou emocionais;

·Conflitos: pessoas que já tem predisposição genética;

· Eventos: como desemprego, divorcio, aposentadoria, e até mesmo eventos positivos como casamento, emprego novo, formatura podem levar a depressão;

· Mortes ou perdas;

· Doenças graves;

·Abuso de substâncias.

O QUE FAZER

Procure um profissional da psicologia ou psiquiatria. Eles farão o diagnóstico corretamente e apontarão os caminhos a seguir. Uma observação importante é que somente um psiquiatra pode prescrever antidepressivos. Somente ele poderá diagnosticar e dizer se você precisa de medicamentos ou não.

Aceite ser ajudado, se ame acima de tudo, você não tem culpa de estar doente. Lembre-se não somos só corpo, não somos só mente, somos a soma de tudo, se um está doente machuca, enfraquece o outro, vamos cuidar desta dor.

 

POR/Hoje Mais-MS

 

15/02/2019